Buscar
  • regisbordin

Medicina e Aposentadoria Especial

Lei reduziu o tempo mínimo de trabalho dos médicos para 25 anos

A profissão de médico é, por lei, considerada como categoria exposta a agentes nocivos à saúde inerentes ao exercício da profissão. Em detrimento da exposição, a Lei reduziu o tempo mínimo de trabalho dos médicos para 25 anos, não apenas quando empregado, mas também como autônomo ou sócio de clínicas e hospitais ou no serviço público, sendo beneficiado pelo cálculo diferenciado de aposentadoria especial.Diferentemente dos demais trabalhadores o médico poderá aposentar mais cedo, e continuar trabalhando como médico, e a posição dos tribunais superiores tem sido no sentido de que a proibição iria ferir o direito do livre exercício da profissão. Se você é profissional da saúde e quer se aposentar, tire suas dúvidas conosco

Para ter seu beneficio deferido o profissional deve apresentar os seguintes documentos:

PPP concedido ao profissional pela empresa;registro no CRM; cadastro no INSS como contribuinte individual na função de médico;através de prontuários médicos;imposto de renda onde se identifica a atividade de médico.Conclui-se, que o beneficio de aposentadoria especial é permitir que estes trabalhadores possam deixar de exercer essa atividade após um período menor de trabalho, para que sejam preservadas a sua saúde e integridade física. Buscar a orientação de um advogado especialista em direito previdenciário poderá sanar dúvidas quanto aos cálculos e direitos do médico. Aplica-se também aos profissionais de Enfermagem e técnicos de enfermagem, e aos demais ligados a área de saúde.

0 visualização
 

NUNES E RIBAS

  • Facebook
  • Twitter

©2020 por nuneseribas. Orgulhosamente criado com Wix.com